Governo dos Açores congratula-se com a representação da Fajã dos Cubres no concurso “7 Maravilhas de Portugal – Aldeias”

IMG_5908

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo congratulou-se com a representação da Fajã dos Cubres, na ilha de São Jorge, entre as 14 finalistas do concurso “7 Maravilhas de Portugal – Aldeias”, na categoria de Aldeias de Mar.

A Fajã dos Cubres, um dos ex-libris dos Açores em termos de paisagem natural, ganha ainda mais destaque com a sua posição neste concurso, sendo mais um passo no trabalho desenvolvido para potenciar o arquipélago como destino turístico de natureza ativo.

As Fajãs de São Jorge foram consideradas pela UNESCO, em 2016, como Reservas da Biosfera, juntando-se às que já existiam nas ilhas Graciosa, Corvo e Flores, o que evidencia a verdadeira relação entre as sociedades humanas e os ecossistemas.

A importância da representação dos Açores neste concurso deve-se ao facto de as “7 Maravilhas de Portugal” serem uma marca nacional que reconhece e dá destaque ao património inigualável que faz parte da identidade do país, neste caso, fomentando o desenvolvimento da ilha de São Jorge devido a um dos seus elementos diferenciadores e autêntico, como é a Fajã dos Cubres.

Para além da categoria Aldeias de Mar, o concurso conta com outras seis, tendo em algumas os Açores estado também em destaque entre os sete finalistas por categoria, nomeadamente nas  Aldeias Remotas (Fajã de São João, em São Jorge), Aldeias Ribeirinhas (Furnas e Sete Cidades, em São Miguel), Aldeias Autênticas (Biscoitos, na Terceira) e Aldeias em Áreas Protegidas (Baia de São Lourenço, em Santa Maria).

As sete vencedoras das sete categorias serão apuradas pelo maior número de votos em cada uma delas, decorrendo a votação final Gala Finalíssima, que se realiza a 3 de setembro, na aldeia do Piódão.

 

GaCS/HMB / Mark Marques | Info-Fajãs

 

31.08.2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *