Ilha de São Jorge recebe o XIV Encontro Regional de Educação Ambiental e Seminário Eco-Escolas que decorre de 9 a 11 de Outubro

196260

O Diretor Regional do Ambiente adiantou ontem que o XIV Encontro Regional de Educação Ambiental e Seminário Eco-Escolas vai decorrer de 9 a 11 de outubro, na ilha de São Jorge, tendo como tema ‘Educação Ambiental e Conservação do Património Natural’.

 

Hernâni Jorge salientou que o evento se destina “a todos aqueles que estão envolvidos na sensibilização e educação ambiental na Região, nomeadamente os coordenadores dos programas Eco-Escolas e Jovens Repórteres para o Ambiente, a generalidade dos docentes, os técnicos de educação ambiental, as organizações não governamentais de ambiente, sem excluir qualquer interessado, até porque o objetivo do evento é promover uma ampla partilha de ideias e o enriquecimento profissional e pessoal dos participantes”.

 

“Durante o XIV EREA serão dadas a conhecer técnicas e ferramentas para a dinamização de ações junto da comunidade escolar, tendo em vista a sensibilização para a preservação da biodiversidade e dos habitats existentes na Região, e abordadas áreas científicas concretas da sensibilização ambiental, através de palestras, oficinas temáticas e uma saída de campo”, acrescentou o Diretor Regional, que falava, na Horta, na apresentação do encontro, creditado pela Secretaria Regional da Educação e Cultura, através da Direção Regional da Educação.

 

Os interessados podem obter mais informações sobre o programa e as inscrições através do endereço eletrónico: https://erea2019.wixsite.com/erea2019.

 

Na ocasião, o Diretor Regional divulgou também a agenda do Parque Escola para o presente ano letivo, um programa desenvolvido através dos serviços educativos dos Parques Naturais de Ilha e da Rede de Centros Ambientais dos Açores.

 

Hernâni Jorge salientou que serão integradas 232 ações, “incluindo, pela primeira vez, ações para o ensino universitário”, e o programa Vigilante da Natureza Júnior dos Açores, como outra das novidades.

 

“Também os projetos LIFE coordenados pela Direção Regional do Ambiente (LIFE IP Azores Natura, LIFE Vidalia e LIFE Beetles) integram a oferta educativa para este ano, com o objetivo de envolver a comunidade estudantil nas atividades de conservação previstas e promover a importância da gestão e conservação da biodiversidade e do nosso património natural”, acrescentou.

 

Segundo o Diretor Regional, “o programa Parque Escola reúne atividades pensadas e dedicadas às instituições educacionais de todas as ilhas dos Açores, de modo a enriquecer as aprendizagens, desde o pré-escolar ao ensino profissional e universitário, e a contribuir para uma sociedade com um efetivo ‘espírito verde’”.

 

“Trata-se de uma oferta educativa gratuita, cuja agenda já foi divulgada junto de todas as escolas, e que requerer apenas o prévio agendamento com os serviços educativos dos Parques Naturais e dos Centros Ambientais em cada uma das ilhas”, frisou.

 

GaCS/HMB/PB | Info-Fajãs

26.09.2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *