O FURACÃO LORENZO JÁ ESTÁ A ABANDONAR O ARQUIPÉLAGO

L

Foi melhor do que se previa nalgumas ilhas do Grupo Central, mas nem em todas foi da mesma forma.
De acordo com a comunicação social (Publico), o Lorenzo causou 82 ocorrências pelas ilhas (a ilha das Flores foi afectada com mais intensidade), mas não há aparentemente danos pessoais a registar.
Tudo indica que as coisas correram melhor do que se previa.
Observam-se folhas e ramos partidos pelas ruas. Nalgumas ilhas árvores caíram e as ondas galgaram portos e estradas.
O número de pessoas desalojadas nos Açores de acordo com a Protecção Civil aumentou para 93, tendo a maior parte sido registada na ilha do Faial (43).
As causas principais foram, de acordo com a Proteção Civil,
impactos da chuva e levantamento de telhas em habitações, especialmente nas Flores, mas também houve casos em São Jorge. 19 pessoas na cidade da Horta necessitaram de ser realojadas, porque houve galgamento do mar na zona da Avenida 25 de Abril.
O Ciclone continua a soprar e no Grupo Central aparenta-se tempestade tropical.

Félix Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *