JOVEM “SOLICITADOR” ABRE ESCRITÓRIOS NA VILA DA CALHETA E TOPO – ILHA DE SÃO JORGE

Ricardo Matias

Ricardo Matias é um jovem Jorgense, que como tantos outros, um dia teve de “sair da Ilha” para prosseguir os seus estudos.

Hoje já licenciado em Solicitadoria, resolve “voltar à sua terra” e criar o seu próprio posto de trabalho.

Desde o dia 7 do corrente mês, que tem a funcionar um escritório na Vila da Calheta e outro no Topo, estando o escritório da Calheta aberto nas horas normais de expediente durante a semana (8.30h – 12.00h / 13.00h – 16.30h), reservando as tardes e fins-de-semana para trabalhar no escritório do Topo.

Em declarações ao Info-Fajãs, Ricardo Matias explica o “que faz” um solicitador, e que tipos de serviços são executados, como por exemplo; autenticação de documentos, notariado, escrituras, compras e vendas de imóveis, doações, permutas, legalização de prédios, tudo o que tenha a ver com impostos, sua liquidação ou reclamação, heranças etc.

Este é o único solicitador com escritórios abertos a funcionar na Ilha de São Jorge, e que em seu entender tem “mercado” ou seja será um serviço útil à população.

À margem desta conversa, “lamentou-se” o facto dos Serviços de Finanças na Vila da Calheta “ainda” continuarem encerrados (abertos apenas às terças-feiras) e muito condicionados, estando a população de um concelho a ser muito penalizada por isso, e que também neste caso afetará e muito, os eventuais serviços de solicitadoria.

Mark Marques | Info-Fajãs

09.02.2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *