31ª Semana Cultural das Velas promove “Cultura com Sabor” – Queijo em destaque – Ilha de São Jorge (c/ reportagem fotográfica)

2 (2)

“Cultura com Sabor” é o mote escolhido para celebrar a 31ª Semana Cultural das Velas, que, ao final de tarde da passada quinta-feira, arrancou oficialmente em São Jorge, com o queijo em destaque, ou não fosse agora as Velas a Capital do Queijo dos Açores.

Este ano, as honras de presidir à sessão de abertura das festividades couberam ao Eurodeputado Nuno Melo, que assegurou que, até ao final, realizará, no Parlamento Europeu, um evento para divulgar e ajudar a internacionalizar o queijo de São Jorge.

Nas palavras do Presidente da Câmara das Velas, Luís Silveira, a Semana Cultural “é apenas a moldura do quadro de vivências e hospitalidade deste Povo – que somos nós –, onde a boa gastronomia, as experiências fantásticas de contacto com a natureza, o melhor queijo do mundo, o mar e as paisagens arrebatadoras com que fomos bafejados, nos permitem dizer a todos quantos nos visitam, sejam bem-vindos, obrigado pela vossa visita, voltem sempre. Saudamos os turistas de forma efusiva, mas saudamos, de forma muito especial, porque muito sentida, os nossos emigrantes que, por estes dias, regressam às suas origens, às suas gentes, à Nossa Terra. Festejar é celebrar a vida”.

Do mote das festas, “Cultura com Sabor”, realce para as potencialidades do Triângulo: “Nestes pedaços de sublime natureza que são as nossas ilhas, nomeadamente estas Ilhas do Triângulo, há queijo, há vinhos, há conservas, há fajãs… há Cultura com Sabor. Juntar, por isso, estes dois expoentes máximos da nossa vivência (Cultura e Sabor) é somar valor acrescentado à promoção que queremos e que estamos a fazer da Nossa Terra. Chamar mais turistas é ter mais gente nesta terra linda, pessoas que vão comprar mais, que vão possibilitar o surgimento de novas oportunidades de negócio, que vão fomentar a diversificação de novos serviços, que vão estimular a valorização dos nossos produtos”, salientou Luís Silveira.

Promoção do destino

Com toda a envolvência, a Semana Cultural das Velas, que é o primeiro festival de verão das ilhas do triângulo, é sempre uma oportunidade para chamar a atenção das potencialidades e das lacunas.

Por isso, frisou o autarca velense, “é com grande sentido de responsabilidade e satisfação que assumimos o desiderato de dar o nosso contributo na promoção desta ilha, saudando também o nosso município vizinho – a Calheta – pela forma como agarrou o desafio. Juntas, Velas e Calheta, assumem-se hoje como as principais entidades responsáveis pela valorização e potenciação do que de melhor São Jorge tem para oferecer, assumindo-se as Velas como a Capital do Queijo e a Calheta como a Capital das Fajãs. Nós, autarquias, promovemos a Ilha no seu melhor… Esperamos que todas as outras entidades responsáveis saibam cumprir com as suas obrigações e responsabilidades ao nível da promoção da ilha nos contextos regional, nacional e internacional, assegurando as ferramentas necessárias, nomeadamente ao nível das acessibilidades a São Jorge, para que os investimentos privados que têm surgido (com muita qualidade) possam recolher o fruto do seu esforço e empenho no desenvolvimento da ilha”.

Das festas

Das festas, Luís Silveira deixou reconhecimentos e agradecimentos aos parceiros e apoios, nomeadamente “as nossas instituições culturais, recreativas, desportivas e sociais que, desde que assumimos a responsabilidade de organizar e manter viva a Semana Cultural das Velas, têm sido os nossos braços direitos. Prova disso, tem sido a postura municipal de lhes ceder espaços para poderem estar presentes e angariarem receitas que lhes ajudem a concretizar os seus planos de atividades anuais. Temos vindo, no âmbito desta parceria frutuosa, a melhorar as condições que lhes colocamos ao dispor e, ainda este ano, voltamos a fazê-lo, quando negociamos com um dos principais patrocinadores da festa um contrato que, em vez de dar um grande apoio à Câmara, melhorará as receitas destas instituições.”

“Endereço uma palavra especial de agradecimento a todos os colaboradores da Autarquia e à Associação Cultural das Velas, pela forma dedicada e empenhada como se associam à organização deste evento. Permitam-me ainda um gesto de cortesia a todos os patrocinadores privados e a todas as entidades oficiais que apoiam a realização da Semana Cultural. Uma palavra também à afición Jorgense que continua empenhada em manter vivas as tradições taurinas e tauromáquicas deste Povo. Por fim, mas não por último, um agradecimento muito especial ao Dr. Nuno Melo, Deputado ao Parlamento Europeu, que aceitou o convite para vir presidir a esta sessão solene, apesar da sua complexa e preenchida agenda. É com grande satisfação que o recebemos, nesta terra que tão bem conhece e tem defendido junto das principais instituições europeias, sempre que lhe é solicitada esta disponibilidade”.

GICMV / Mark Marques | Info-Fajãs

Fotografias – Mark Marques

06.07.2018

Para ver reportagem fotográfica completa, clique abaixo em:

https://www.facebook.com/pg/mark.marques2016/photos/?tab=album&album_id=1848286615464926

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *